21 mortes em presídios do Ceará.


 

Até outubro deste ano, o Ceará contabiliza 21 mortes de internos ocorridas em unidades prisionais. A última ocorrência aconteceu na tarde de terça-feira (10), quando um detento da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto (CPPL II), em Itaitinga, foi encontrado morto.

Os agentes penitenciários localizaram o corpo de Leandro dos Santos Gomes, de 20 anos, por volta das 17h, durante o banho de sol dos presos. Conforme a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), o cadáver apresentava sinais de espancamento.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve na unidade para fazer os primeiros levantamentos sobre o caso. O assassinato será investigado pela equipe da Delegacia Metropolitana de Itaitinga. A Perícia Forense (Pefoce) também realizou levantamentos no presídio.

De acordo com a Sejus, Leandro dos Santos respondia pelo crime de homicídio e estava alocado na CPPL II desde agosto do ano passado. A Pasta não informou as possíveis motivações do assassinato do detento.

Fuga

Oito internos conseguiram fugir da Cadeia Pública de Jaguaruana, na madrugada de ontem, após burlarem a segurança da unidade. Segundo informações da Sejus, os homens escaparam do local através de um buraco aberto por eles no teto da cela onde estavam alocados.

O agente penitenciário e o policial plantonistas surpreenderam a tentativa e impediram a fuga de mais um interno. Em nota, a Sejus afirmou que os procedimentos de busca e recaptura estão em andamento na tentativa de localizar os internos.

Seguem foragidos Alan Gabriel Brito, Diego Bento da Silva, Francisco Luan da Silva, Gabriel Martins de Moura, José Edgar da Silva, Luís Fernando Gomes de Sousa, Marcos Davi de Lima Leite e Ruan Pereira de Freitas. Eles não tiveram as idades reveladas pelo órgão.

 

Diário do Nordeste