Ciro chama Tasso de traidor, dois dias depois de dizer que é amigo do tucano


 

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) falou, nessa quinta-feira (12), que se Tasso Jereissati concorrer ao Abolição contra Camilo é um “traidor”. “Quem participa do governo e depois vem contra não passa de traidor”, alfinetou o FG.

O mais estranho é que Ciro, dois dias antes, no Piauí, garantiu que é amigo de Tasso e que os dois se respeitam muito.

A crítica de Ciro se deu depois que o senador tucano ventilou que pode concorrer ao Governo do Ceará em 2018. Para embasar a crítica, o pedetista argumentou que o PSDB tem um nome forte dentro da gestão Camilo, o secretário do Planejamento, Maia Junior.

Ciro ainda disse, criticando Tasso, que se caso ele leve a cabo o projeto de concorrer ao Abolição, irá apunhalar Santana pelas costas.