″É preciso perdoar quem bateu panela″, diz Dilma Rousseff.


 

Em entrevista à Deutsche Welle, a ex-presidente Dilma Rousseff voltou a falar nesta segunda-feira (13) sobre o cenário político brasileiro, comentando o processo de impeachment e também como o PT fará para se reerguer em 2018.

Dilma disse que seu governo foi vítima de um golpe, mas que é hora de “perdoar a pessoa que bateu panela achando que estava salvando o Brasil, e que depois se deu conta de que não estava”. Ela também afirmou que não vê problemas em alianças entre seu partido e figuras como o senador Renan Calheiros.

Sobre a vida pessoal, a ex-presidente contou que tenta manter a rotina de exercícios físicos e de tempo com a família. Também não descartou voltar a concorrer a um cargo político.

Com Informações Folha de São Paulo