Diocese quer anular venda e ter de volta terras que pertenciam ao Padre Cícero.


 

Diocese do Crato, sob a administração de dom Gilberto Pastana, deve ingressar com ações judiciais solicitando a reintegração de posse das terras doadas pelo padre Cícero Romão Batista a Nossa Senhora das Dores, que foram negociadas nas últimas décadas em Juazeiro, sem o aval do bispo católico à época.

A decisão coloca em xeque a autoridade do Monsenhor Murilo de Sá Barreto, em negociar as áreas, e abre uma crise financeira na maior cidade do Cariri. Serão questionados terrenos que, hoje, abrigam empreendimentos como Assai Atacadista, Maxxi Atacado, Atacadão, Detran e vários empreendimentos como concessionárias de veículos.

Bairros como o Frei Damião e prédios de apartamentos também devem ser atingidos pela ação. A motivação estaria ligada à falência da Diocese na gestão do bispo dom Fernando Panico. A reportagem completa está publicada na edição desta semana do Jornal do Cariri.

 

Jornal do Cariri / Cearanews7