Anthony Garotinho será transferido ao presídio de Bangu 8


Depois de o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) relatar ter sido agredido com um taco de beisebol por um homem dentro de uma das celas da Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica – e ser desmentido por agentes penitenciários e imagens de câmeras de segurança – a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio (Seap) decidiu que ele será transferido à Cadeia Pública Pedrolino Weling de Oliveira, conhecida como Bangu 8, na Zona Oeste carioca. Entre os presos em Benfica estão investigados na Lava Jato, como o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e o presidente da Assembleia Legislativa fluminense, Jorge Picciani (PMDB), inimigos políticos de Garotinho.

“O interno se encontrava sozinho em uma galeria composta por nove celas todas vazias. A Seap ressalta que examinou as imagens das câmeras da unidade que não detectaram presença de qualquer pessoa ou estranhos na galeria onde se encontra o detento que pudessem causar tais lesões”, afirma a Seap, por meio de nota. Conforme a Secretaria, a transferência se dará “como punição por [Garotinho] não ter provado as supostas agressões”.

A Seap ressalta que em Bangu 8 há câmeras monitorando o interior das celas nas 24 horas do dia, mas não informa quando a transferência de Anthony Garotinho será feita.