Governador anuncia programa para reduzir fila de exames e cirurgias no Estado.


 

O governador Camilo Santana anunciou nesta terça-feira (05), durante transmissão ao vivo em sua página no Facebook, que o Estado terá um programa para reduzir a fila de exames e cirurgias nas unidades do Ceará. Segundo o governador, a Secretaria da Saúde está concluindo estudo sobre as especialidades que hoje têm maior demanda da população. “Estamos aumentando investimentos na saúde, ampliando leitos, abrindo novas UPAs. Estamos fazendo um esforço muito grande para que novas ações cheguem à população cearense”, assegurou, ao responder a pergunta da internauta Patrícia Arcanjo sobre a fila das cirurgias.

“Muitas vezes, o Estado fica preso aos fornecedores. Não podemos ficar dependentes de poucas empresas, que muitas vezes atrasam a entrega. É importante que a população saiba disso”, disse Camilo Santana. Entre as ações para a saúde, o governador destacou ainda a construção de mais 48 leitos no Hospital de Messejana, que já conta com 430 leitos; e a reabertura de 22 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) espalhadas pelo Estado.

Bilhete Único no Cariri

Além disso, Camilo Santana assinou Projeto de Lei que cria o Bilhete Único na Região Metropolitana do Cariri (RMC). No PL, que seguirá ainda nesta terça-feira para aprovação na Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE), consta a permissão para integração dos modais rodoviário e metroferroviário. Com isso, a população caririense poderá utilizar os sistemas municipais de transporte, no intervalo de duas horas, pagando somente uma passagem.

Segundo o governador Camilo Santana, o objetivo é reduzir os custos para quem depende do serviço de transporte na região. “Isso representa uma economia no bolso da população”, reconheceu. “Já beneficiamos milhares de pessoas na Região Metropolitana de Fortaleza e, agora, vamos beneficiar a região do Cariri”, relacionou. Na RMF, o Bilhete Único Metropolitano passou a valer no último dia 1º de junho, interligando os 19 municípios que integram a macrorregião.